Necessários cinco milhões de toneladas de óleo de soja para atender demanda do Biodiesel

Cálculos da entidade indicam que serão necessários cinco milhões de toneladas de óleo de soja, matéria-prima responsável por 75% do total do biocombustível produzido e consumido no País

Na última semana, o Ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, oficializou que o aumento da mistura de 11% de biodiesel ao diesel comercial (B11) para 12% (B12) está confirmado para o início de 2020, dando andamento ao cronograma do Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) para gradativamente chegar aos 15% (B15) em 2023 anunciado em 2018.

Com a mudança, a Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove) estima que a produção de biodiesel no ano chegue a 6,8 milhões de metros cúbicos, incremento de cerca de 20% em relação ao produzido em 2019, o que deve gerar uma movimentação financeira de R$ 19 bilhões. 

Para atender a demanda serão necessários cinco milhões de toneladas de óleo de soja, matéria-prima responsável por 75% do total de biodiesel produzido e consumido no País.

Faça um comentário

Você deve estar logado para comentar este post.